Buscar
  • Anna Flora Wilhelm

ANNA FLORA BRECHÓ

Atualizado: 14 de fev.

Você sabia que eu tenho um brechó? Em março de 2018 foi quando eu inaugurei oficialmente. Ele funciona no Instagram ( clica aí pra conhecer) e os envios são feitos via correios (não tem espaço físico).


Fotos do editorial PIC NIC do Anna Flora Brechó, feitas pela fotógrafa Rita Mello

Tudo isso começou quando eu tava fazendo faculdade e escrevendo meu TCC sobre sustentabilidade ... no meio das minhas pesquisas entendi o tamanho do problema que a indústria da moda causa no planeta, saca só: o segundo maior setor de consumo do mundo! Até aí, ok... mas quando a gente pára pra pensar no tamanho do descarte que é gerado por conta dessa lógica de consumo, assusta.


Você já pensou pra onde vão as roupas que você descarta? Te garanto que não é pra fora do planeta, continua tudo por aqui. A cultura da doação de roupa sempre foi muito estimulada, mas a cultura da reutilização nem tanto. Quantas vezes você já ouviu que "roupa usada tem energias ruins"ou que "roupa usada é suja"ou ainda que "brechó só tem coisa velha e fedorenta"?.


Fotos do editorial IRMÃS do Anna Flora Brechó, feitas pela fotógrafa Rita Mello

É fato que com a chegada das fast fashion (que é um padrão de produção e consumo onde as roupas são fabricadas, consumidas e descartadas muito rápido) a qualidade das roupas que são produzidas foi sacrificada e prol da velocidade da produção e do consumo, afinal: tem que vender muito! Logo, produzir muito pra ter sempre novidade, não dá tempo de pensar em acabamento e nem é interessante que a roupa seja muito durável (já ouviu falar de Obsolescência programada? clica aí pra ler um artigo da super interessante).


Voltando ao Anna Flora Brechó ... criá-lo foi uma forma que encontrei de contribuir um pouquinho, fazer a minha parte, resgatando e ressignificando peças de roupas ainda em bom estado (acredite, tem muitas) para aumentar o tempo de vida delas, atrasando sua chegada num possível aterro sanitário. Todas as peças resgatadas são higienizadas, passam por uma curadoria (tiro bolinhas do tecido, fecho costuras, conserto o que precisar), depois são perfumadas e fotografadas!


Fotos do editorial IMPACTO do Anna Flora Brechó, feitas pela fotógrafa Márcia Otto

Eu amo a parte de fotografar os editoriais profissionais! Foi uma forma também que encontrei de valorizar as peças de segunda mão e tirar o estigma de "roupa-velha-fedorenta-lixo"sabe? Até agora já foram fotografados 9 editorias profissionais e 4 caseiros (pandemia né? tivemos que nos reinventar).



Fotos do editorial INTENSIDADE do Anna Flora Brechó, feitas pela fotógrafa Rita Mello

Espero que tenham curtido minha tour pelo Anna Flora Brechó! Me segue lá pra dar uma força, bora fortalecer essa cultura da reutilização e contribuir pra uma moda mais sustentável! O planeta agradece :)


Um beijo minha gente lindaaa e até o próximo post!

Anna Flora Wilhelm

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo